8 Atividades físicas para praticar com as crianças

DestaqueFamília e Escola

10 de março de 2022

Redação Guia do Futuro
Redação Guia do Futuro

Equipe apaixonada por educação, produzindo conteúdos voltados para pais que querem fazer a diferença na formação dos filhos!Publicado em . | Atualizado em 9 de março de 2022.


Aproveite essas dicas de exercícios para aliviar o estresse, combater o sedentarismo infantil e se divertir em família.

Uma das características da sociedade moderna é a quantidade de horas que gastamos na frente dos dispositivos eletrônicos. Tal hábito tem sido debatido entre os profissionais de saúde que alertam sobre os impactos do sedentarismo na qualidade de vida dos adultos e principalmente das crianças. Para viver de forma mais saudável, duas recomendações básicas são a redução do tempo de telas e a inclusão de atividades físicas na rotina.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), atividade física é qualquer movimento corporal produzido pelos músculos que requeiram gasto de energia. Isso inclui as atividades feitas durante o trabalho, tarefas domésticas, brincadeiras e caminhadas. A prática regular de esportes e atividades físicas na infância estimula hábitos saudáveis para toda a vida, reforça o sistema imunológico, favorece o desenvolvimento dos músculos, ossos e articulações do corpo.

Além de contribuir para a saúde física, praticar exercícios também interfere na saúde mental. Especialistas em desenvolvimento infantil alertam que um dia inteiro de atividades puramente acadêmicas, sem momentos de descontração, podem desencadear síndromes como burnout. Segundo as recomendações da Sociedade Brasileira de Pediatria, crianças de zero a cinco anos devem ser estimuladas a se movimentarem por pelo menos 180 minutos distribuídos ao longo do dia. Vale rolar num tapete, empurrar algum brinquedo ou brincar na água, o importante é gerar o movimento. Como cada pessoa tem suas limitações, por isso converse com o pediatra de sua confiança para buscar as orientações mais adequadas ao seu filho.

A fim de incentivar as crianças a mexerem o corpo com mais frequência, separamos oito sugestões de atividades físicas fáceis de praticar em família. Afinal, é pelo exemplo que um novo hábito é ensinado.

Caminhada

Com roupas confortáveis e calçados adequados nos pés, basta encontrar um local sossegado para caminhar em família. É considerado pelos pediatras como um dos melhores exercícios no combate à obesidade infantil, além de aumentar a resistência física e melhorar a capacidade pulmonar. Para tornar a caminhada ainda mais prazerosa e ampliar seus benefícios, escolha locais que colocam a criança em contato com a natureza.

Pedalada

Assim como a caminhada, a atividade auxilia no desenvolvimento da massa óssea, na coordenação motora, equilíbrio e estimula a atenção. Há bicicletas para faixas etárias diferentes e, para uma escolha ideal, se atente à altura e ao peso indicado. O apoio da família traz mais segurança aos pequenos durante a pedalada e não se esqueça de checar os equipamentos como capacete e joelheiras.

Jogos com bola

A bola é o brinquedo mais versátil e prático de se ter em casa. Há diferentes tamanhos, cores e pesos para gerar infinitas possibilidades de atividades. Ajuda a estimular a coordenação motora das mãos, braços, pernas e pés através de movimentos como pegar, chutar e arremessar. Também auxilia na compreensão das noções espaciais e de força. Pelo seu poder de socialização, jogos com bola em companhia de familiares e amigos são excelentes para ensinar a importância de compartilhar, reforça a autoestima, a competitividade saudável e ajuda a fazer novas amizades.

Pular corda

Brincadeira de infância que tem sido transmitida de uma geração para outra, portanto não poderia ficar de fora da nossa seleção. Sua lista de benefícios para a saúde é tão longa que a prática foi adotada pelas academias e na preparação de atletas de diferentes categorias. Por combinar percepções especiais e capacidade de reflexo, torna-se uma atividade muito indicada para o desenvolvimento psicomotor. Trabalha também a resistência física, ajudando a criança a perceber sua força e estimula a superar seus limites. Se quiser reduzir o impacto causado pelos saltos, uma boa opção é escolher um local com uma grama bem macia.

Amarelinha

Dependendo da região do país, ela pode ser conhecida como avião, maré, zapata ou macaca. A amarelinha fez parte da infância de muita gente e jogar em família vai ser uma viagem no tempo para a maioria dos pais. Por meio da brincadeira é possível aprender sobre limites de espaço, números, compreender o papel das regras no jogo, a pensar estrategicamente para alcançar um objetivo, melhorar a capacidade de saltar e se equilibrar com um pé só. A atividade possibilita que novos formatos de desenhos sejam explorados, enriquecendo ainda mais o processo de aprendizado de maneira lúdica.

Dança

Além de mexer todo o corpo, é diversão garantida! Trabalha a coordenação motora, flexibilidade, equilíbrio e noção espacial. Desenvolve também a expressão corporal, a atenção e a memória. Por ser uma atividade aeróbica, auxilia na perda de peso e é excelente para colocar todo o estresse para fora, sendo assim um grande aliado na saúde mental. 

Yoga

É uma arte milenar conhecida mundialmente por ajudar a reduzir a ansiedade. Sua prática busca o equilíbrio entre mente, corpo e espírito. Conciliar o mundo digital e o analógico tem sido o desafio de muitas famílias atualmente. Neste contexto, a yoga pode ser uma boa opção para aliviar as tensões na transição entre os ambientes físico e virtual. Pode ser adaptada a diferentes níveis de condicionamento, oferecendo posições simples de alongamento que poderão ser executadas por crianças pequenas. Ajuda na postura, flexibilidade e respiração. Sua prática também exige calma e concentração, favorecendo o equilíbrio mental que as crianças precisam para lidar com os diferentes tipos de situações da vida. 

Circuito de exercícios

Com o isolamento causado pela pandemia, muitos responsáveis tiveram que criar brincadeiras que pudessem distrair a criançada dentro de casa. Uma das atividades que mais fizeram sucesso foram os circuitos, pois é possível adaptar conforme o espaço e materiais disponíveis. Consiste em criar um trajeto com obstáculos, pequenos desafios e muito gasto de energia. Vale usar cordas, bambolês, almofadas, baldes, cabos de vassoura, caixas e até desenhos com giz no chão. Pode soltar a criatividade e usar tudo que você tiver em mãos.

Logo de início, a brincadeira exercita a imaginação, portanto chame seu pequeno para pensarem juntos a montagem do circuito. Por ser uma atividade mão na massa, a criança também trabalha coordenação motora fina, além de aprender sobre reaproveitamento e a dar novas funcionalidades aos objetos. 

A ideia do circuito de exercícios é criar um trajeto que exija movimentos diversos como saltos, agachamentos e corridas. Colocar o praticante para gastar energia e desafiar seus limites enquanto outra pessoa acompanha o tempo do cronômetro. Basta pesquisar por circuitos para crianças para encontrar exemplos inspiradores e fáceis de aplicar em casa.

Call to Action

Detalhe do Call To Action para Download do Material

Deixe um comentário

Artigos relacionados


Share via
Copy link
Powered by Social Snap

Seu futuro começa aqui

Cadastre-se para receber os melhores conteúdos sobre educação!