O que fazer quando a adaptação na educação infantil não está funcionando?

Família e Escola

23 de dezembro de 2020

Redação Guia do Futuro
Redação Guia do Futuro

Equipe apaixonada por educação, produzindo conteúdos voltados para pais que querem fazer a diferença na formação dos filhos!Publicado em . | Atualizado em 22 de dezembro de 2020.


A fase de adaptação na educação infantil, geralmente, traz muitas surpresas para as crianças, pais e professores. Como cada filho tem um perfil diferente, bem como as suas características individuais, fica mais difícil prever como será o período de adaptação escolar ou quanto tempo isso pode demorar.

Contudo, esse processo pode ser doloroso para as crianças e inclusive para os pais. Porém, iniciar a vida escolar é de extrema importância para que o filho tenha um desenvolvimento completo e saudável, respeitando e incentivando conforme a idade. Sendo assim, a escola na primeira infância tem um papel fundamental.

Portanto, se o seu filho está com dificuldade na fase de adaptação na educação infantil leia este texto para saber como auxiliá-lo e quando mudar de escola. Acompanhe!

Por que é importante a adaptação na educação infantil?

A escola é essencial para estimular o aprendizado das crianças e desenvolver as suas capacidades motoras, sensoriais, emocionais e sociais. Nesse sentido, é natural o convívio de outros adultos e crianças no mesmo ambiente. Por isso, para muitos pequenos o processo se torna estranho com sentimento de insegurança.

Como os filhos, durante a infância, não tem o amadurecimento emotivo, para eles é difícil entender o porquê de ir à escola, bem como precisar obedecer o professor e dividir atenção com outros coleguinhas. Além disso, a falta do hábito de ficar longe dos pais pode ser impactante para a criança.

Entretanto, a adaptação na educação infantil é necessária e os pais podem ajudar, principalmente se o filho está com dificuldade, o que nos leva ao próximo tópico.

Como ajudar na adaptação escolar na educação infantil?

Não existe um tempo certo para a criança se adaptar na escola, algumas podem demorar uma semana e outras um mês. Porém, tem criança que nos primeiros dias vai bem, mas depois começa a chorar. Tudo isso é normal, mas não anula o fato dos pais precisarem incentivar uma adaptação saudável.

Compreenda o problema

Você pode não lembrar do seu primeiro dia na escola, mas lembra como foi no início da faculdade? O primeiro emprego? Pois bem, até para os adultos a novidade pode causar muito estranhamento e inseguranças. Por isso, seja compreensível com o filho para entender o ponto de vista dele. Para as crianças é difícil lidar com essa emoção.

Conte com a ajuda da escola

A escola está habituada a receber novos alunos todos os anos, portanto sabem como ajudar. Nesse sentido, converse com os professores para que ajudem na recepção calorosa do filho, ou respeite as orientações que os profissionais devem indicar. Ter um bom relacionamento entre família e escola ajuda no acolhimento do filho.

Demonstre tranquilidade

As crianças sentem quando os pais têm medo, por isso é importante escolher uma boa escola. Além disso, quando levar o filho para a aula, não chore, seja firme e permita que ele vá andando, sem carregar no colo. Isso ajuda na despedida e a demonstrar confiança.

Incentive a sociabilidade

Às vezes a criança não consegue fazer amigos na escola e dificulta a adaptação no ambiente. Por isso, é interessante comentar com ela sobre como fazer novos amigos, dar o exemplo e se comunicar com outros pais também. Além do mais, a escola deve propor atividades em grupos que estimulem essa participação para fazer amigos.

Não prolongue a despedida

Um dos momentos mais difíceis é a hora de falar “tchau”, pois muitas crianças choram muito e os pais não sabem o que fazer. O ideal é conversar em casa com antecedência explicando que ela estará segura na escola, vai se divertir, aprender e entre outras. Quando chegar o tempo, seja breve e firme o acompanhando até a porta, sem gerar ansiedade ao falar que volta rápido para buscar, por exemplo, mas demonstre que está tudo bem.

Preserve a rotina da criança

A escola já é uma novidade e causa muitos sentimentos naturalmente, portanto, evite mudar ainda mais a rotina da criança. Por exemplo, se ela ainda usa fralda, chupeta ou gosta de determinado brinquedo, preserve esses hábitos por pelo menos a fase de adaptação. Além disso, tente manter os horários de acordar, comer e brincar.

Quando procurar uma nova escola?

Apesar de os pais se empenharem na adaptação escolar do filho e a escola usar todas as técnicas de acolhimento e recepção, pode acontecer de, mesmo assim, a criança não se acostumar. Além disso, se o filho for muito pequeno e não tiver idade obrigatória para estar na escola, pode precisar esperar que ele cresça mais um pouco para entender e começar o processo de novo.

Em outros casos, mudar de manhã para tarde e vice-versa ou colocá-lo em meio período, em vez de integral, pode resolver a situação. Contudo, observe de modo geral se existe alguma mudança no filho, como a seguir.

Desinteresse

Como as crianças demoram a entender sobre os benefícios na escola, às vezes falta empolgação com o lugar. Contudo, se não existe uma evolução desse sentimento para alegria, elas podem ficar desinteressadas com as atividades e sem vontade de criar laços de relacionamento social.

Isolamento

As crianças ficam mais seguras quando têm algum conhecido por perto, mas não impede que façam amizades. Portanto, se já tem dias na escola e seu filho começa a se isolar, é um sinal de alerta. Inclusive, pode ser por vários problemas além da adaptação, como bullying, timidez ou dificuldade de se enturmar.

Tristeza

É fundamental prestar a atenção no filho para se certificar de que ele está bem, pois se surgir as características citadas anteriormente, podem levar a tristeza. Esse sentimento é prejudicial à saúde mental da criança, podendo levar a outros problemas de gravidade maior.

Por fim, o bem-estar e a alegria do filho é essencial para que ele se desenvolva conforme o esperado. Por isso, a adaptação na educação infantil precisa ser marcada por bons momentos, a fim de evitar traumas ou problemas emocionais aos pequenos. Antes de desistir, tente ajudar o seu filho estreitando os laços familiares. Entretanto, se em algumas semanas não evoluir, procure uma nova escola com a criança.

Agora que você já sabe como ajudar a sua criança na adaptação escolar infantil, aproveite para conhecer o papel dos pais na educação dos filhos.

Call to Action

Detalhe do Call To Action para Download do Material

Deixe um comentário

Artigos relacionados


Share via
Copy link
Powered by Social Snap

Seu futuro começa aqui

Cadastre-se para receber os melhores conteúdos sobre educação!